O advogado do diabo

Ora aqui está uma coisa que não se vê todos os dias (pelo menos eu nunca tinha visto): um blog inteiramente dedicado a dizer mal do Linux e tudo o que é Open Source.

Visto que é um sítio fundamentalista escrito com o máximo desprezo pelos criadores e utilizadores de Free Software e Open Source (chegando mesmo a ser brutalmente ofensivo), não merece qualquer tipo de resposta inteligente. No entanto, se tivermos a clareza de raciocínio e a calma e distanciamento necessários, esta verborreia pode até conter algumas pérolas úteis.

É que é perfeitamente natural as pessoas não verem o que está mal dentro do seu próprio ambiente, e só os que estão de fora serem capazes de apreciar as falhas. Este(s) indivíduo(s) do “linuxHaters” podem de facto ajudar a comunidade FOSS ao chamar a atenção daquilo que está errado.

Dêem uma voltinha e pensem nisso.🙂

(Obrigado Texair)

~ por Vasco Névoa em Julho 22, 2008.

4 Respostas to “O advogado do diabo”

  1. Por exemplo, quem já teve de configurar um servidor Samba, está com certeza de acordo com o tipo….😉

  2. Nisso eu estou de certeza …
    E acredito que eles tenham razão em muitos outros pontos.

    É chato porque por percebermos que um projecto é complexo e que os coitados quem o desenvolveram tiveram que fazer reverse engineer a uma catrafada de coisas acabamos por ter um bocado “pena” ou até mesmo solidariedade (chamem-lhe o que quiserem) e acabamos por tolerar umas arestas menos polidas… o pior é que as novas features vão aparecendo mas os problemas antigos ficam lá. Porque já foram esquecidos ou porque já toda a gente os resolveu (e cada novato vai ter que resolver outra vez ou ver como se resolve).

    Acho muito bem que se critique, desde que seja com razão e apontando os pontos críticos, sendo incisivo (construtivamente).

    Agora … vou espreitar esse tal blog😉

  3. Por acaso eu acho que o tipo é um troll pago para dizer mal.

    A questão é simples, ele aparenta ter um conhecimento técnico elevado o suficiente para resolver de vez muitos dos problemas que aponta.

    O que é mais lógico:
    * que os seus artigos seja “scripts de cinema” escritos por alguém que investigou o que dizer mal
    * que seja simultâneamente um génio em várias áreas e incompentente para aplicar os seus conhecimentos?

    Não quer dizer que não tenha razão nalgumas das críticas que faz, e que se possa olhar para os artigos como uma “wish list” (talvez até “dever” olhar), mas não concordo com enaltecimento da sua visão.

  4. uma boa forma de arranjar visitas..

    será que o problema é do samba?

    ou será da outra parte da partilha? ou será do protocolo? ou será por não haver especificações do protocolo? ou será por não haver documentação?

    3 linhas num ficheiro de configuração e o samba server já está a correr, mais dificil do que isso é fazer perceber esse conceito a um utilizador de windows…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: