The end of Bullshit

Circa 1999, quatro personalidades muito atentas à vida na web escreveram um livro que serviu para acordar muitas empresas por esse mundo fora. Eram elas Chistopher Locke, Rick Levine, Doc Searls, e David Weinberger.

The Cluetrain Manifesto” (podendo traduzir-se grosseiramente como “O manifesto do comboio das evidências”) é uma colecção de observações pertinentes compiladas num ensaio prático e iluminado sobre a natureza humana do Negócio, tal como é hoje suportado pela Net.

Este livro explica que não é necessário enredar os clientes em “bullshit” para fazer dinheiro; antes pelo contrário, mostra que “you can’t fool all the people all the time” e a melhor estratégia é mesmo a honestidade e franqueza. E de preferência em grande volume, em banda larga, e em tempo real.😉

Para quem trabalha em Marketing, Suporte ao Cliente, ou qualquer outra área empresarial (mesmo que não tenha contacto com os clientes), é uma referência imprescindível sobre a essência da Empresa. Mas mais ainda, é um “toque de acordar” para os empresários e gestores de empresas que não entendem muito bem a verdadeira natureza e potencial da Net.

Apesar de velhinho segundo os parâmetros do mundo online, este manifesto continua perfeitamente actual e necessário, mais que não seja pelo simples facto de ainda existir uma grande maioria de empresas a fazer o “business as usual”, ou seja, a alimentar a máquina do “bullshit” e as cortinas de fumo. Por essa razão resolvi repescar este título, apesar de não ser novidade nenhuma.

Enjoy!

~ por Vasco Névoa em Julho 10, 2008.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: