Pequeno-almoço

Então perguntam os meus amigos: “Se não comes hidratos de carbono ao pequeno-almoço, que raio comes tu?!”

Ao que eu respondo: “A primeira refeição do dia é aquela que estabelece o ritmo metabólico para o resto do dia; não queres fazer a asneira de começar com uma explosão de açúcares e insulina logo pela manhã, pois não? Vais andar na montanha-russa do açúcar o dia todo! Larga lá os cereais e o leite e vem comigo que eu mostro-te…”

Lista de compras: cogumelos Portobello / Shitake / etc., saladas verdes multi-folhas com alguma imaginação (com rúcula, agrião, e outras menos comuns), folhas de espinafre / acelga / grelo / nabiça / etc., rebentos de coentros / funcho / etc., algumas bagas silvestres (framboesas, amoras, groselhas, morangos), muitos ovos, uns belos chouriços / paios sem açúcares (dextroses e outras -oses), bacon, algum fiambre (não muito, tem sempre açúcar), queijos curados, o ocasional Mozarella, amêndoa (ralada / laminada / ao natural), nozes, avelãs e sementes de girassol para quem gosta…

De preferência, tudo de origem biológica / orgânica, ou seja, sem a profusão de produtos químicos cuja acumulação ao longo do tempo gera problemas crónicos não só em nós mas também nas partes do ecossistema que trabalham para nos dar comida, como por exemplo as abelhas.

Acima de tudo, nada de produtos “light”!!!! Estes substituem as gorduras (o nosso combustível por excelência) por hidratos de carbono que comprovadamente nos fazem mal a longo prazo e por adoçantes cujos efeitos a longo prazo ainda não são conhecidos.

Sobre os lacticínios: o leite é para bezerros e vitelos. Adultos (humanos ou de outras espécies) não devem alimentar-se de leite, ponto final. Já o leite fermentado, é outra história… um bom iogurte grego, natural e sem qualquer traço de açúcar ou adoçante, é rico em gorduras, proteínas, e cálcio. Mistura-se umas bagas silvestres para dar sabor e talvez umas sementes para textura. Nada de “Mueslis” com grãos provenientes da agricultura!!! E os queijos, quanto mais curados, melhor.

Bon apétit!!

About these ads

~ por Vasco Névoa em Julho 14, 2011.

12 Respostas to “Pequeno-almoço”

  1. Ah, por acaso não dei no peixinho, mas também faz parte!!!
    Para a próxima talvez mostre umas sardinhas ou atum. Sim, ao pequeno-almoço!!! :D

  2. Yuck

  3. Que boa pinta!!
    E eu que pensava que o english breakfast era o melhor pequeno-almoço do mundo (pelo menos o mais tasty, se acompanhado da obrigatória pint…).
    Haja tempo para preparar estas iguarias!

    • Olá Paulo.
      O English Breakfast é sem dúvida a minha escolha em hotéis! :) Mas sem o feijão, porque é leguminosa e vem normalmente com um molho de tomate cheio de açúcar.
      Quanto ao tempo, não é muito. Principalmente quando é uma pessoa a cozinhar para duas ou mais pessoas, ganha-se muito tempo. E depois de alguma experiência, automatiza-se a logística com restos do jantar na omelete da manhã e outras coisas do género. ;) De qualquer forma, fazer uns ovos e saltear uns cogumelos é coisa rápida.
      A questão que devemos pôr é: se nem temos tempo para preparar um pequeno-almoço saudável, que é a pedra-base do bem-estar do nosso dia, então para que é que temos tempo?…
      É uma questão de prioridades na vida. :)

  4. É páh … o meu modelo mental ainda não está preparado para um pequeno almoço desses … Isso mais parece o meu típico jantar … quanto ao leite, já pensei em substituir por “leite” de soja … mas o preço é um bocado carote …
    Força ai!

    • Olá Mário.
      Pessoalmente, não adotaria o “leite” de soja. Já o consumi, mas agora sei mais coisas… e não o acho uma alternativa saudável.
      As melhores alternativas de leite (os “leites” vegetais) costumam ser caras, mal-gostosas, ou têm outros inconvenientes (fito-estrogéneos, por exemplo).
      De qualquer forma o leite animal não é um alimento para adultos de espécie nenhuma, e o leite industrial pasteurizado tem muito poucos nutrientes bons.
      Por isso, o melhor mesmo é eliminar o leite, e passar a consumir yogurte e queijo, de preferência de origem biológica e produzidos tradicionalmente. Os queijos devem ser bem curados, nada daquelas porcarias industriais para espalhar no pão. De qualquer forma, isso não é problema, uma vez que as pessoas que se importam com a sua saúde não comem pão!! :D

  5. Eh pá, os pequenos almoços têm um aspecto delicioso. Espero chegar a este requinte! (Estou a seguir o estilo Primal à uns tempos, cortesia do Pedro! :P) O pequeno almoço foi realmente o que me “custou” mais a alterar, pois era grande fã do pão.
    Agora fiquei foi curiosa com os pequenos almoços com peixe, é que os meus são parecidos com estes (não como saladas, mas como fruta) e não estou a ver como será um com peixe.

    • Olá Tânia.
      Força com o Primal!! :) Por aqui também se come cavernosamente. ;)
      Quanto ao peixe ao pequeno-almoço… ainda não consigo. :D LOL é demasiado enjoativo. Fica para as restantes refeições.

      • Oi!
        Obrigada. :)
        Também acho que sim, quando ao peixe.
        Só uma coisa, já agora. Chouriços/paios sem açúcares encontram-se bem? Eu costumo comprar bacon, mas nunca me lembro dos enchidos. :P

      • Não, encontrar enchidos sem açúcares é quase impossível num supermercado. :( Aqui acho que a única opção é procurar fontes mais tradicionais / regionais dos mesmos… o enchidinho feito em casa na terra da avó, e coisas assim. Estes não têm “aditivos” de conservação e texturação industriais. Por um lado não se preservam tanto tempo, mas por outro também não nos molestam!! :)

  6. Hehehe…. pensava eu que o meu pequeno-almoço era “diferente”….

    http://gapsguide.com/2011/12/27/how-weird-is-your-breakfast/

    Agora sim, tenho um padrão de referência verdadeiramente diferente!! :D

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 217 outros seguidores

%d bloggers like this: