Power Line Modems

Não sou daqueles que fica excitado com cada novo iPhone ou Tablet que sai, nem tenho grande interesse em manter-me actualizado com os últimos gadgets; no entanto, de vez em quando há uma qualquer nova tecnologia que me chama a atenção… e desta vez fiquei espantado com as qualidades! :)

Lembro-me de, há cerca de 15 anos atrás, investigar esta curiosa tecnologia dos Modems de Linha de Potência. Nessa altura os Israelitas eram líderes mundiais, e havia projectos-piloto em que se conseguia transmitir a uns fantásticos 600 kbit/s através da linha eléctrica. ;) Infelizmente, durante os anos que se seguiram, a tecnologia continuava demasiado cara e mesmo inacessível.

Estava eu ontem na Fnac à procura de um rato USB baratinho, quando os PLMs me chamaram a atenção. Havia vários kits de várias marcas a vários preços, e acabei por me convencer com um starter kit de duas unidades da Devolo, uma marca completamente desconhecida por mim. Mas tinham um aspecto compacto e sólido, e prometiam encriptação e 300m de alcance, para além dos 200 Mbit/s. A 100 EUR o par, não é barato, mas a curiosidade levou a melhor. :)

Mal cheguei a casa liguei o portátil a uma tomada, e estava logo na net!!! Surpreendentemente (ou talvez não) um vizinho não muito longínquo também tem um conjunto destes e ainda por cima disponibiliza a ligação do seu router WAN… Este tipo de imbecilidade é recorrente na nossa cultura, e é particularmente preocupante quando o material tem apenas um único botão, que se destina exactamente a tornar a rede segura e privada, e o manual explica claramente o simples procedimento que a permite estabelecer. Não creio que a intenção do meu vizinho seja partilhar a sua rede local (do lado de dentro da firewall, provavelmente) com todos os seus vizinhos…

Voltando ao produto em si, fiquei positivamente surpreendido com o facto de ser fornecido com software Linux em forma de código, que ainda por cima compilou e correu na perfeição. São duas aplicações de consola, uma para listar modems dentro do alcance (o meu vizinho tem 3 ligados, e são de 2008), e outra para estabelecer uma password de rede à nossa escolha (o que é opcional, já que o botãozinho nos modems gera passwords automaticamente). A segurança de rede é AES de 128 bits, mas os verdadeiramente paranóicos como eu podem criar um Cron Job para mudar a password automaticamente com alguma frequência, graças à aplicação fornecida.

Um outro aspecto que me surpreendeu, foi que os modems conseguem comunicar entre si mesmo quando instalados em fases eléctricas distintas, não sendo um problema em caso de instalações trifásicas. De alguma forma conseguirão passar o sinal apenas através do neutro?… não sei, mas é muito bom. :)

Quanto ao alcance… não tenho maneira de testar, mas penso que o limite de 300 metros será algo fantasioso. Penso que irá depender bastante, conforme o nível de ruído e perdas na instalação, bem como o comprimento efectivo da cablagem. Mas dentro de um apartamento T3 a ligação é perfeita, tal como se houvesse mesmo uma rede Ethernet instalada. :)

Existem mais variantes destes modems, com tomada, com LCD, em versão router, e outras mariquices. Mas uma variante que abre novas possibilidades é a do AP WiFi… agora é muito fácil estender uma rede WiFi sem qualquer trabalho de instalação de cabo! ;)

About these ads

~ por Vasco Névoa em Maio 17, 2010.

4 Respostas to “Power Line Modems”

  1. E eu que tenho lá 4 para testar e ainda nem os tirei da caixa… (tenho estado a desenrascar com 2 routers WiFi em modo bridge – mas isso come muita “banda”, e a ideia é exactamente ligá-los atraves do power line :)

  2. comecei a ler com algum interesse o teu post mas parei na parte da imbecilidade, realmente quem não sabe tanto é como nós é um pouco imbecil, não é ?

    • Devias ter lido até ao fim, então. A imbecilidade está em continuar a ser ignorante, apesar dos melhores esforços das dezenas de pessoas que imaginaram, planearam, desenharam, implementaram, e documentaram o produto e a própria caixa. Com um manual tão simples e bom, um único botão no aparelho (com um cadeado desenhado), e uma frase na caixa a dizer “Encryption at the touch of a button”, só fica com a rede aberta quem é muito distraído… mesmo.
      Além disso, uma só imbecilidade não faz logo um imbecil… é preciso muitas!!! E como ninguém está acima de cometê-las de vez em quando, é preciso combatê-las a cada oportunidade, sem papas na língua. ;)

  3. Eu também tenho uma powerline em casa e funciona muito bem. No meu caso específico uso-as para levar a net até um ponto central para ter wireless em toda a casa. Eu vivo numa vivenda em que R/C e 1º Andar têm redes eléctricas (essas fases? sou leigo nisto). Ter powerlines de uma ponta do primeiro andar a outra ponta do R/C funcionava mas era mais instável.

    Seja como for, aconselho! :)
    Principalmente para se ter uma linha dedicada ligada à PS3 para se fazer streaming!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 218 outros seguidores

%d bloggers like this: